Arquivo para augusto césar sansão

ESSA GENTE É FLAMENGO?

Posted in Uncategorized with tags , , on outubro 3, 2010 by AUFLA

Compatriotas: excelente a repercussão de nossa primeira disclosure de tudo aquilo que todo o mundo sabe na Gávea, mas que ninguém tem coragem de publicar. Aos que leram e passaram adiante, nosso muito obrigado.

A atrocidade que os amigos lerão a seguir foi redigida (quase dizíamos “perpetrada”) pelo Sr. Augusto Cesar Sansão, 2˚ Secretário do Conselho Fiscal do Clube de Regatas do Flamengo. É, como tal, homem do nefasto Capitão Leo. Reparem em como ele se refere ao notório hooligan como “Leonardo”, assim por extenso. Reparem na linguagem de ferrabrás forjado e curtido nas lides de distribuir porradas nas arquibancadas (contra vascaínos ou rubro-negros, não importa).

E reparem, sobretudo, em como essa gente fala do ZICO entre quatro paredes. Reparem em como não têm pudor de desconstruir o maior ídolo rubro-negro, endossando alegremente uma imagem patentemente falsa, construída pelo ódio e rancor de vascaínos e botafoguenses: “amarelão, fujão, covarde”. Até da seleção ele fala! Déssemos um pouquinho de corda, o nosso bravo Sansão reclamaria do pênalti perdido contra a França, igualzinho a qualquer vascaíno!

Diante dessa enormidade, ousamos perguntar: essa gente é Flamengo?

Quanto ao teor dos “argumentos” (chamemo-los assim) do Sansão, sugerimos, como medida profilática, a leitura da recente coluna do Paulo Vinícius Coelho, sobre o mesmo tema. Mas, claro, o leitor pode sempre confiar no parecer do “egrégio Conselho Fiscal” (que assim o chama o Sansão) — o mesmo órgão que, com os votos da Torcida Jovem de Leonardo Ribeiro, aprovou as contas de Edmundo dos Santos Silva.

———- Mensagem encaminhada ———-
De: augusto cesar sansão <cesarsansao@ig.com.br>
Data: 3 de outubro de 2010 00:18
Assunto: ESSE GALO É FUJÃO,
Para: flampla2010@gmail.com

ESSE GALO É FUJÃO,
Um dos atos que mais que mais envergonham a sociedade, é a defesa dos covardes ou das suas covardias, esses DEFENDORES, ficarão marcados perante a história contemporânea do Clube de Regatas do Flamengo.
O empresário Artur Antunes Coimbra, em sua fuga na madrugada, esqueceu-se de que, seus atos cometidos quanto a sua participação sinistra na direção do futebol do Clube de Regatas do Flamengo, estão os mesmos gravados, arquivados e devidamente protocolados junto ao Conselho Fiscal.
Saibam que este Conselho que agora tentam vilipendiar, é o mesmo que evitou a entrega do Morro da Viúva, para empresários que agiam como verdadeiros “abutres no patrimônio Rubro Negro” assim como também lutou muito e evitou a incorporação no terreno da Gávea para construção de um Shopping Center e um estádio “meia Bunda”.
Hoje como anteriormente e de forma contundente tem em sua posse documentos e exibe toda essa farta documentação como prova irrefutável da inverdade pronunciada e escrita pelo Empresário ARTUR ANTUNES COIMBRA, assim como também com referencia a nota assinada pela Presidente Patricia Amorim, quanto ao cancelamento do contrato CRF x CFZ, possuindo farto material para indiciamento no inquérito investigatório pelo Conselho Fiscal, assim e desta forma, inequivocamente atingirá o ex-galinho, hoje um GALO FUJÂO pelos seus atos de ética discutível quando na tentativa de apropriação do patrimônio do CRF pelo CFZ e ou MDF.
Artur Antunes Coimbra, ex-Zico, demonstrou mais uma vez todo o seu desamor pelo Clube de Regatas do Flamengo, mente quando diz que sempre o amou.
O ex-atleta Zico, quando jogador de futebol, foi o mesmo regiamente pago pelo Clube de Regatas do Flamengo, creio que era o segundo salário da categoria no Brasil.
Saibam ou lembre-se que quando vendido para o Udinese, abriu mão dos quinze por cento do passe, para facilitar a operação, porém quando efetivado na Federação Italiana, entrou DE IMEDIATO na Justiça do Trabalho no Brasil e cobrou a citada importância sobre o passe.
Aproveito para informar aos saudosistas, que, caso desejem, lutem para que seja erguida uma estatua em homenagem ao ex- atleta, para mim um ex-ídolo, assim façamos como fez o Botafogo para homenagear seus heróis tais como, Garrincha, Jairzinho, Nilton Santos e outros mais.
Mas lembre-se que, lugar de historia do passado é no Museu, se a atual Presidência do Clube de Regatas do Flamengo, tivesse concluído o projeto do Museu, talvez estivéssemos lutando pela colocação da estatua imagem do ex-atleta Zico dentro do mesmo.
Mas quanto ao Empresário ARTUR ANTUNES COIMBRA, estou radical para a apuração com rigor dos fatos denunciados e inicialmente responsabilizando a Presidente Patrícia Amorim, fatos ocorridos em consequência da assinatura em Março de 2010, do contrato entre CRF e CFZ, que assim e desta maneira, foi equivocadamente constituída a tal parceria que motivou e permitiu os atos praticados pelo empresário em questão.
Artur Antunes Coimbra ao FUGIR, vem demonstrar toda sua covardia e irresponsabilidade para com o Clube de Regatas do Flamengo, sendo de forma peculiar e latente, pois fugiu da “rinha” na madrugada, alias nessas horas é que os “galináceos” costumam cantar e contar prosa de valente brigão com longos “cocorocós”.
Se ele fosse mesmo um “galo” de verdade, da família dos “galináceos” e ocorresse essa fuga, saibam que, há esta hora, ele já estaria na panela, assado e temperado, pronto para ser comido à mesa pelos apostadores.
Fugiu ao invés de enfrentar e lutar provando sua inocência,
Escreveu uma quantidade de “CHORÔRÔ” inverídico, fantasioso e contraditório em face de farta documentação contida em poder do Conselho Fiscal.
Preferiu jogar sua total incompetência, já comprovada quando sua passagem no exterior por diversos clubes e na SELEÇÃO BRASILEIRA, TENTANDO INVERTER a discussão quanto aos fatos denunciados pelo Egrégio Conselho Fiscal, dissimulando a verdade, contrariando a prova documental exposta pelo referido Conselho, sendo esses documentos disponibilizados a diversos Conselheiros e a disposição de quem mais quiser verificar.
Fugiu mais uma vez da luta, com medo do confronto por pensar que seria derrotado no jogo de hoje contra o Botafogo, assim optou covardemente por jogar contra o Clube de Regatas do Flamengo, julgando comover e aplacar os ânimos contra suas aberrações.
Fugiu outra vez, quando cita que não teve autonomia no departamento, quando sua parceira e aliada, PRESIDENTE PATRÍCIA AMORIM, deu-lhe tudo que ninguém teve, a COMEÇAR PELO SALÁRIO ASTRONOMICO, alienando ativos do Clube para honrar seus pagamentos.
Fugiu de novo, quando reclama dos resultados do elenco por ele contratado ou por seus representantes, assim tenta dissimular sua culpa e incompetência tentando atribuir ao Conselho Fiscal sua “imensurável incompetência” gerencial.
Mas o Conselho Fiscal foi competente por demais, mais uma vez, agiu silenciosamente em defesa do patrimônio do Clube de Regatas do Flamengo, exatamente como agiu nas vezes anteriores, juntou todos os indícios da “má fé” do contrato entre o CRF e CFZ, declarações e mais a participação “dolosa” do fundo de investimento MDF, o mesmo que o vibrante e destemido sócio proprietário e também Conselheiro Paulo Cesar Ferreira, recentemente denunciou ao Ministério Publico Estadual, para apurar os possíveis delitos na participação do citado fundo de investimento (MDF), quando da venda do atleta Renato Augusto.
Leo apure a composição social do MDF, assim saberemos quem são os seus componentes.
Aos jovens alienados e baderneiros torcedores, não sejam “bois de piranha”, sejam Flamenguistas.
O Flamengo é maior do que qualquer um que se apresente como credor de méritos, principalmente aqueles que ganharam e ainda ganham fama e muito dinheiro do Clube de Regatas do Flamengo.
SABE QUAL FOI O ÚNICO E PRINCIPAL ERRO DO M.D PRESIDENTE LEONARDO RIBEIRO?
Errou e errou muito, quando não indiciou a Presidente Patrícia Amorim.
Errou e errou muito ao aceitar o documento pífio e surreal de cancelamento do contrato “dadivoso” entre o CRF e CFZ.
Mas ainda é tempo de corrigir o erro, até por que a Presidente Patricia Amorim, para mim e para muitos mais associados, não mais merece representar o CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO, em razão da declaração do Empresário, Artur Antunes Coimbra quando atentou contra o Hexa Campeonato Brasileiro de 2009, e somado ao que vi e ouvi dela no GLOBO ESPORTE, gravação feita no Ninho do Urubu na manhã de ontem.
Disse ela que o “Zico é o Zico, por isso é que ele é muito grande e por isso é maior”, em meu entender uma demonstração clara de desrespeito ao Clube de Regatas do Flamengo, deixando entre linhas que o FUJÃO é maior que a instituição somando-se ao fato anterior quando do pronunciamento do Empresário Artur Antunes Coimbra, tentando desqualificar o titulo do hexa Campeão de 2009.
Por sua insegurança e ausência de assessoramento, deixou o Clube de Regatas do Flamengo, ficar a mercê da incompetência gerencial do Empresário Artur Antunes Coimbra que falava como primeiro mandatário, por fim graças a sua tibieza, omissão e fragilidade, detonou “UMA GUERRA FRATICIDA” entre torcedores.
LEONARDO NÃO DA MAIS PARA ATURAR!!!.
Vencemos diversas batalhas juntos e do mesmo lado, não me empurre para o outro lado da oposição, atenda os preceitos da moralidade e respeito, que são exigidos nos dirigentes.
A ÉTICA, DIGNIDADE E ISENÇÃO.
Esse foi o nosso lema, quando membro do DIGNE E HONRADO EGRÉGIO CONSELHO FISCAL.
Sejamos os mesmos que sempre defenderam a instituição do CLUBE REGATAS DO FLAMENGO, a qualquer custo, mesmo que seja contra os equívocos dos nossos amigos.
A Presidente Patrícia Amorim, não só perdeu o respeito ao cargo, mas demonstrou falta de competência levando e permitindo toda sorte de desrespeito à instituição.
Participou e permitiu que o Clube de Regatas do Flamengo fosse a principal manchete criminal durante meses a fio.
Recebeu um Clube Campeão Brasileiro em Janeiro de 2010 e em Setembro do mesmo ano, coloca-o no risco da MAIOR HUMILHAÇÃO que é a da possibilidade inédita de DESCLASSIFICAÇÃO da primeira divisão do futebol Brasileiro.
Dissimula quando fala na construção do CT, não presta contas sobre o contrato da Ambev, que era destinado a obras no CT, comete mais uma dissimulação quando diz que o Empresário Artur Antunes Coimbra, iria construi-lo, declaração mentirosa e leviana.
Não conclui o Museu.
Até hoje não apresentou um balancete sequer das contas de 2010, não preencheu as Vices Presidências.
Ninguém sabe qual a situação financeira real do CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO.
LEONARDO RIBEIRO ESSE É O “ÚLTIMO TREM PARA BERLIM”, saia desta, continue com a mesma postura de antes, seja o corajoso e destemido LEONARDO RIBEIRO, PRESIDENTE DO CONSELHO FISCAL DO CLUBE DE REGATAS DO FLAMENGO.
ESQUEÇA O GALO FUJÃO, use a autoridade que lhe conferida no estatuto, abra o inquérito investigatório e provaremos sua participação na trama.
SRN
Augusto Cesar Sansão

Anúncios