O MUSEU, ONZE MESES DEPOIS

Dona Patrícia Amorim anunciou ontem, como se de grande feito se tratasse, que as obras do Museu do Flamengo começarão em 16 de novembro próximo. Para o leitor desatento, é mesmo grande notícia, que ninguém em sã consciência pode ser contra o clube finalmente expor à torcida o pedacinho mais tangível daquilo que nos faz acima de tudo rubro-negros.

Mas o torcedor e o sócio mais atentos hão de recordar que dona Patrícia Amorim recebeu, da diretoria anterior, um contrato juridicamente perfeito, pelo qual a Olympikus se obrigava a entregar o museu, pronto, em 15 de novembro de 2010. De modo que, no nosso 115º aniversário, em vez de celebrarmos a abertura definitiva do museu, vamos comemorar apenas e tão-somente o início das obras, previstas para durar outros nove meses.

Bem a cara de dona Patrícia Amorim, que afinal de contas nada mais é que uma politiqueira vulgar, querer capitalizar em cima de obra inacabada.

Deixando de lado, no entanto, juízos de valor sobre o oportunismo político de dona Patrícia, resta a dúvida sobre o motivo desse atraso de impressionantes onze meses na execução da obra.

Ocorre que, no que dependesse da atual diretoria, o dinheiro para a obra seria administrado exatamente como essa malta pretende gerir os recursos dos tijolinhos: ao bel-prazer dos dirigentes rubro-negros, que poderiam aplicá-los ou não na construção do museu.

Foi exatamente por saber como é o Flamengo que a Vulcabrás, dona da Olympikus e financiadora da obra, fez questão de consagrar no contrato que quem administraria o dinheiro seria ela própria. Nada de simplesmente depositar a grana numa conta corrente e rezar para que aos nossos ilibados dirigentes não ocorresse aplicá-la em finalidades outras que não o museu. (É, em essência, o que o ZICO chamou de “verba carimbada”, ao impor suas condições para ajudar no projeto dos tijolinhos.)

Dona Patrícia e os personagens que a cercam discordaram dessa cláusula razoabilíssima do contrato. Queriam manejar o dinheiro eles mesmos, e sabe lá Deus o motivo de tanta insistência. Mais: mandaram avisar que queriam escolher eles próprios as empresas de engenharia beneficiadas com o butim de R$ 8 milhões (tomem nota do nome Carlos Peixoto, que haveremos de voltar a ele oportunamente).

A Vulcabrás, que não rasga dinheiro, não achou a menor graça nessa conversa e insistiu no óbvio: que se cumprisse o contrato. Dona Patrícia discordou e bateu pé, e nesse impasse ficamos até que a diretoria desistisse de sua estranha pretensão e acedesse, finalmente, ao cumprimento do contrato.

E assim se explica que apenas onze meses depois do previsto tenham início as obras que deviam estar terminando. O atraso é testemunho não só da esculhambação que é o Flamengo de Patrícia Amorim. É também ilustração fiel da baixíssima conta em que o mercado tem, hoje, os dirigentes do Flamengo.

Anúncios

12 Respostas to “O MUSEU, ONZE MESES DEPOIS”

  1. É muito bom saber que voltaram. O Torcedor precisa de algo além da mídia e da nossa diretoria para ponderar. Eu sou a mesma, que em outros momentos, pedi que nos mostrassem provas. Já compreendi o motivo pelo qual não podem fazê-lo. Pois agora venho pedi-lhes o máximo de imparcialidade possível. O tema qual tratamos aqui já é por si só revoltante. Não há necessidade de mais álcool na fogueira. Eu gostaria de colocar seus textos sempre no meu blog. Mas isso não é possível, pois um local onde deveria prevalecer a informação, infelizmente prevalece a revolta e opinião.
    Frases como “Bem a cara de dona Patrícia Amorim, que afinal de contas nada mais é que uma politiqueira vulgar” deveriam ser evitadas apenas para dar mais crédito ao texto. Não gostaria de paracer do contra. Mas se assim tiver que ser, será. Eu não estou lutando apenas para fazer barulho, estou lutando para informar e tirar minha torcida da alienação. E vocês são a grande escada para isso. Façam com cautela. A opinião de milhares estão nas suas mãos.

    Meus cumprimentos rubro-negros

    @SBussi2

    • Você provavelmente tem razão, Stéphanie. Quanto à Patrícia, às vezes é difícil reprimir a raiva pelo que ela fez, ou deixou fazer, com o ZICO. Mas agradecemos muito o apoio. E vamos continuar fazendo prevalecer a VERDADE, doa a quem doer.

  2. Silva Porto Says:

    Valeu galera, eu agradeço muito por vocês nos manterem informados dos absurdos que ocorrem no CRF. Não permitam que calem vocês, nós membros da NAÇÃO precisamos saber o que acontece de verdade.
    MUITO OBRIGADO.
    S R N.

  3. Ótimo blog. Devia ser visita regular de todo rubro-negro. Fica fácil distinguir o joio do trigo depois de ler os posts daqui!

  4. Bom texto. Só mostra que a administração da Patricia é EXATAMENTE IGUAL À INFAME ADMINISTRAÇÃO DO SENHOR MARCIO BRAGA.

    Uma grande decepção pra mim, que esperava que a Patricia fosse mudar o Fla.

  5. Caralho, olha a declaração da tia pat:

    ‘ Vanderlei é um líder nato. O Flamengo precisava de um comandante como ele. Me baseio até pelas declarações dos jogadores, que ficaram muito satisfeitos com a chegada dele. É experiente, tem respeito no futebol e vai nos ajudar muito não só a subir na tabela e brigar por títulos na próxima temporada, como também na questão do CT. Confiamos muito no trabalho dele – declarou Patrícia Amorim.’

    Que comandante é esse a que ela se refere? O sujeito acusado de se beneficiar do comércio de passe de jogador em outros clubes? É a esse cidadão que estamso dando carta branca?

    E ele está melhor preparado que o nosos REI para gerir o futebol?

    Então, mais uma vez, ela se engana? E quer enganar todos nós?

    PATRICIA, VAI TOMá NO CU

  6. existe alguma possibilidade da presidência da Patricia ser cassada?

    • Estamos ajudando a construir as condições para isso, João. A hora da Patrícia vai chegar, exatamente como chegará para os vendilhões que a acompanham e que apunhalaram o ZICO pelas costas.

  7. Sepulveda Natalino Says:

    Muito bom.
    A pergunta que nao quer calar é: qual tem sido o gosto do whisky que (o que nos obrigamos a chamar de nossos) dirigentes estão tomando?

  8. Roberto Dadalti Says:

    Li o texto agora, que tristeza hein? Só falta agora criar caso com a MELHOR PARCEIRA que o Flamengo conseguiu arrumar em todos os tempos. A Olympikus tem sido praticamente uma mãe para o Flamengo e os inescrupulosos ainda querendo desfazer uma cláusula muito bem feita do contrato, movidos por interesses os mais diversos possíveis. Todos, logicamente, contrários ao bem da Instituição. Só falta agora a Olympikus se desgastar com algum figurão da Diretoria ou do Conselho desaconselhável e preferir investir num Inter, ou num São Paulo ou num Cruzeiro.
    Se com a Olympikus e com os milhões da Batavo não foram capaz de montar um time pra ganhar um mero campeonato estadual do RJ, quero ver sem nenhum dos dois.

  9. Cara tenho dois amores na vida, (Minha Familia (Pai, Mae, Irmao, Esposa e Filha) e o Flamengo.

    Ate que enfim, vejo alguem levantar a voz, para essas atrocidades que sabemos que acontecem de longa data!!!

    Espero que silenciosamente esse grupo que surge agora atraves desse blog saiba fazer a revolução interna no clube.

    Do flamengo so podia-se esperar que tivesse pelo menos 500 mil socios, o Maior patricmonio do Brasil. Um Belo Estadio, museu etc.

    Mesmo no Brasil (um pais, onde a maioria da população tem problemas de renda), o clube vende e muito, pelo menos ainda!!! pois do jeito que esta, as pessoas vao perdendo o interesse, e o clube arrecada menos.

    Mesmo assim espero que possamos mudar isso em breve.
    Suplica ha anos por uma campanha de socio trocedeor off-rio!!! mas iso não é de nteresse de quem suga o clube!!!
    Parabéns pelo Blog

  10. Batavo marcou um golaço essa semana: comunicou a FLAmília Monstro que sua marca não mais estará presente no Manto Vermelho e Preto. Ou seja, parou de pagar as quotas de patrocínio que permitia sua exposição para 35 milhões de torcedores, que na sua grande maioria apenas amam o Flamengo dentro do campo e o abandonam fora dele. Além dos 35 milhões, também deixa de atingir os rivais. Sim, muitos torcedores as vezes são mais anti-Flamengo do que seu próprio time.

    Enquanto o contrato não for publicado na mídia por inteiro, você e eu, apenas podemos fazer uma análise fria dos fatos e, principalmente, recordar que 2010 tem sido o pior ano da história do Flamengo. Quem está lendo esse texto, precisa entender um pouco sobre investimento em publicidade e, mais do que isso, amar de paixão o Mengão dentro do campo e amar com razão fora do campo, refletindo sobre tudo que acontece na política e na anti-gestão, antes de chegar no campo.

    Uma empresa, seja ela com ações em bolsa ou de gestão familiar, atuante no varejo, precisa de boa publicidade para que seus produtos se mantenham nas vitrines das mídias. Hoje são várias: jornais, revistas, televisão, portais de internet, celular e, principalmente as mídias digitais e sociais. Se posicionando de forma correta, essa marca pode atingir classes A, B, C, D e E, portanto, seus produtos podem ser direcionados para cada uma delas. Para simplificar, a empresa investe em patrocínio e espera, precisa, deseja, aguarda e impõe que essa verba traga retorno tangível e intangível para o seu negócio. Foi por isso e apenas por isso que a Batavo resolveu investir no time Penta Tri Campeão Carioca e Hexa Campeão Brasileiro. Mas, esse time, esse Clube, ficou inadimplente no ano de 2010.

    Reflita comigo os 11 gols contra que a gestão da FLAmília Monstro marcaram contra seu próprio patrimônio e com isso espantaram da sua receita a verba de patrocínio da Batavo:

    1- O Flamengo não disputou o título da Taça Guanabara;
    2- O Flamengo não disputou o título do Campeonato Carioca;
    3- O Flamengo perdeu o inédito rótulo de Tetra Campeão Carioca;
    4- O Flamengo foi campeão de presença em noticias e manchetes de páginas policiais;
    5- O Flamengo expôs seus patrocinadores quando da sua inabilidade de lidar com a negativa situação causada pela filme de terror do seu psicopata capitão;
    6- O Flamengo não teve habilidade para demitir seu técnico campeão brasileiro e ídolo da maior geração de craques, Andrade;
    7- O Flamengo foi o pior colocado na fase inicial da Copa Libertadores;
    8- O Flamengo foi eliminado da Copa Libertadores por ele mesmo. Em pleno Maracanã. chegou no estádio 23 minutos antes do inicio da partida;
    9- O Flamengo não produziu ídolos, personagens que vendem camisa e expõe marca;
    10- O Flamengo escorraçou e destratou seiu Mito e Maior Ídolo da sua história: Zico;
    11- O Flamengo não tem um estatuto que permita a profissionalização do Futebol. Seu estatuto data de 1992 e a palavra torcida inexiste nele.

    Quem, em sã consciência, que ver sua marca ligada a tantos aspectos negativos e geradores de chacotas e críticas ? Mesmo cegos de paixão, não podemos esquecer que a Batavo vende saúde, alimento, energia, enfim, produtos que estão diretamente ligados ao bem estar! A anti-gestão da FLAmília Monstro, que seqüestrou o Futebol do Flamengo, está fazendo tudo ao contrário do que uma marca precisa! Vamos torcer para que a Batavo não cobre multas e penalidades pelo fato do Flamengo estar inadimplente no contrato, pois, literalmente não cumpriu sua parte, quando deveria ter exposto a marca Batavo em finais de campeonato, no peito de um manto respeitado por sua direção, por atletas de bom desempenho dentro do campo e, principalmente, fora dele. Não manteve a Batavo nas manchetes esportivas e sim, persistiu em se manter nas páginas policiais e escândalos de primeira linha.

    Salvo interesses escusos, como justificar qualquer marca patrocinando um Clube que se permite ser tratado e gerido pela FLAmília Monstro ? Agora é torcer para que outros não repitam o posicionamento profissional da Batavo! O rótulo de Rei do Rio é muito pouco para um time que tem a Maior Torcida do Mundo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: